La Reina nasceu há muitos anos atrás, quando uma menina inquieta teve um longo período de férias e ficou em casa. O sossego foi tanto que se aborreceu, até que teve uma idéia: iria cozinhar!

 

Sua casa era muito farta em frutas e flores pois vivia no campo e tinha aprendido com algumas mulheres especiais o encanto pela cozinha. 

Ela aprendeu a fazer doces, compotas e licores com sua avó mineira e mais, sabia onde estava o objeto proibido: o caderno de receitas da sua avó cubana, de capa verde, com letra impecável, cheio de anotações e sabores da ilha.  

 

Seus pais acharam ótimo ter a menina distraída, e a apoiaram com regras: poderia pegar todos os potes de vidro guardados por sua mãe, mas tinha horários para entrar na cozinha. Como fazia muita bagunça, preferiu cozinhar até tarde.

 

Então cozinhava….

 

Queimou os braços com caldos borbulhantes, inventou uma luva de pano-de-prato amarrado até os cotovelos. Lacrou os potes, desenhou uma logomarca, copiou no mimeógrafo, cortou, colou e começou a vender. Vendia os produtos em sua aula de ballet, no cabeleireiro que sua mãe frequentava, no escritório da fazenda e entre amigos da família. E assim, pouco a pouco foi criando toda a cadeia de experiência positiva de empreendedorismo.

Na época a marca se chamava "Rabbits & Fruits",  pelo simples fato de imaginar um jardim com coelhos, pássaros, borboletas, animais silvestres flores e frutas onde sempre estava sua mente e deveriam ser  servidas suas receitas.

As aulas começaram e a menina teve que parar de inventar na cozinha.

O tempo passou, ela caminhou longamente por entre mares, desertos e oásis mas sempre guardou o desejo de voltar ao jardim que enxergava ao cozinhar .

 

Y así fué...

 

Hoje mulher, decidiu recriar sua marca, com qualidade extraordinária e sabores sutis com suas receitas criativas, secretas e artesanais de família.

 

Assim nasceu de la Reina.